sexta-feira, 4 de maio de 2018

PDI




6 comentários :

  1. Assustei-me com o título. Pensei que se tinha criado mais um partido político.

    Comparo as fotos e dá-me vontade de rir. O que iríamos dizer se a senhora idosa conseguisse a fotografia 'em pontas'? :)))

    Bom sábado, caríssima Maria, cuidado com o exercício físico.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não existe nada que cause susto no título, digamos que, se se for por aí, pelo lado de um qualquer partido político, facilmente se chegaria a um... Partido Da Idade :))

      A intenção foi mesmo essa, testar o sentido de humor das pessoas desse lado, ver se a coisa está saudável ou nem por isso. Parece-me que o caro Observador neste aspecto está bem e recomenda-se.

      Beijinho para si também. Bom sábado e, já agora, domingo.

      Eliminar
    2. "Partido da Idade"? E se fosse "Partido da Incompetência"?
      E como é que vamos de humores? Bem, obrigado.
      Obrigado

      Eliminar
    3. Tenho para mim que uma grande maioria de portugueses não são nada dados a isto do humor. Não gostam ou não entendem isto de ser saudável o sentido de humor. Ser importante para a saúde quer mental, quer física. Acho que se nota mais nas mulheres, penso eu. Nós, as mulheres, tirando raras excepções, não temos piada alguma, e quando nos esforçamos, pior ainda. Os homens nisso do sentido de humor batem-nos aos pontos.

      Somos um povo mais voltado para o drama, quando, eu acho, que existem fases da nossa vida, difíceis, muito difíceis mesmo, que se a pessoa não possuir um pitada sequer de sentido de humor, aquilo ou acaba em azedume, ou acaba, inevitavelmente, em pessoas dadas a uma ininterrupta vitimização.

      Eliminar
  2. Gargalhadas:)))) e começo a rir com o "P" da PDI, partido???? ehehehe só não escrevo a palavra que sei por respeito a este teu espaço.

    A senhora da segunda foto se não me engano é cubana e tem vários vídeos em vários desportos que eu apelidei-a de mulher elástico e já vai muito para lá dos 80:)))) Como não consegue (talvez por falta de meios) pôr-se em pontas como a primeira foto...olha lá como um poste ajuda a elasticidade.

    Há mulheres e homens que sofrem à bessa da PDI e mal começam com a lenga-lenga dos queixumes eu fujo!!!!

    Depois de ter já dado uma enorme volta a pé, agora vou continuar a minha tarefa das limpezas...sobe e desce de escadote, lava, estende e seca...o que a cubata já bem que precisava, tomar um duche, almoçar e descansar.
    Hoje é dia da mãe, mas já dei e recebi os beijos necessários quarta/quinta e sexta-feira e hoje já telefonei à minha mãe:)))

    Saio daqui bem disposta pelo muito que ri...ufaaaaaaaaa este país afoga-se em "trampices e na terrível falta de vontade de olhar para o lado bom da vida...mesmo com a PDI.

    Obrigado Maria e fuiiiiiiiiiii

    Beijocas sorridentes...sempre e sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pê é de... Prostituta Da Idade :))))

      Esta senhora de idade é um exemplo de vida no que toca à tal da elasticidade como a Fatyly referiu. Essa é que é essa.

      Envelhecer é normal, não entendo este medo generalizado como se envelhecer fosse uma doença contagiosa. Obviamente que ninguém gosta de envelhecer, mas daí a isto de, neste momento, existir um pânico absurdo e toca de fazer trezentas e cinquenta cirurgias estéticas, ficar com o rosto liso, quando o resto do corpo não acompanha e acaba por destacar ainda mais esse mesmo envelhecimento. Ou seja, muitas mulheres neste momento com esta procura incessante pela juventude já perdida, preocupam-se com o rosto liso, sem rugas, mas o pescoço, os braços, todo o resto do corpo, não perdoa. Ainda por cima quando não se faz qualquer tipo de exercício físico. Eu, pelo minha parte, quando os sinais de envelhecimento se fizerem notar, pretendo deixar a coisa correr livremente, não pretendo esconder o que quer que seja. A vida também passa por aceitar que tudo tem o seu tempo.

      Tenha um óptimo domingo, Fatyly, neste dia que também é seu, seu porque é mãe :)

      (e vivam as mães, as que o sabem ser; vivam as que estão presentes e as que continuam a estar presentes embora já tenham partido definitivamente como a minha)

      Eliminar