domingo, 22 de abril de 2018

E o que é que as pessoas desse lado têm a dizer daquilo do Sócrates e da Reportagem da SIC?



24 comentários :

  1. Tenho a dizer que se amanhã não chover, promete ser um rico dia de sol... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu contraponho com a previsão de que existe uma forte probabilidade de se intensificar a precipitação lá para os lados de Sócrates Avenue. A ver se a ciência que estuda os fenómenos atmosféricó-políticos não troca as voltas à coisa ;)

      Eliminar
  2. eu subscrevo o grande comentário do primeiro comentador!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, este meu post transformou-se num género de IPMA. Por IPMA leia-se: Isto Parece Malta Ababelada :)))

      Eliminar
  3. Gostei e vi as duas partes. A ser verdade acho que Sócrates e os restantes senhores disto tudo mereciam um prémio (sem qualificação) que virá lá para o ano 2038 se entretanto não for arquibbbbbado como outros que já eram...e o povo pagou, paga e pagará o desaire financeiro.

    Sinceramente, mas sinceramente...a minha cabeça de tão revoltada, deu um nó...tudo porque eu ando aos tostões e uma centena aos milhões. O meu lado bom e uma vez mais penso nos filhos(as) desta gentalha...o que pensarão? O que serão no futuro?

    Beijos e uma segunda-feira carregada de nevoeiro e neste momento o sol já está à espreita:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha opinião, e sendo uma opinião vale o que vale, não acredita na inocência de Sócrates. Bem gostaria de acreditar e digo a razão deste 'gostaria': a ser verdade tudo isto, é inaceitável que alguém que foi Primeiro-Ministro, portanto, chefe do governo da República Portuguesa, tenha de alguma forma qualquer tipo de envolvimento em esquemas ditos sombrios. A ser verdade, volto a repetir, é de uma gravidade extrema.

      Bom, desde que os filhos não sigam as pisadas de pais/mães dados a enveredar por caminhos apertados, talvez o futuro não seja uma total decepção. É por isso que sou a favor da independência dos filhos desde cedo, ou seja, quando estamos afastados dos nossos pais conseguimos de alguma forma traçar o nosso próprio caminho, seja esse caminho bom ou nem por isso. Quando vivemos debaixo do mesmo tecto somos sempre influenciados de qualquer forma. Tenho para mim que viver com os pais até tarde, ou nunca ter saído da casa dos pais, ou viver mesmo ao lado da casa dos pais, impede-nos de crescer. Em todos os sentidos. Talvez seja por isso que a dita infantilidade em gente adulta por estes dias dá cartas e não é pelas melhores razões.

      Boa semana, Fatyly :)

      PS: Esta estação, a Primavera, é sem dúvida umas das mais bonitas do ano. Ver a natureza vestir-se de novo, é qualquer coisa de muito bom. Um privilégio, diria.

      Eliminar
    2. Jamais acredito na inocência de Sócrates-pobre-provinciano-que-vivia-às-custas-do-amigo-com-posses. Mas neste emaranhado todo e percebendo um pouco da justiça, a prova mais difícil que virá a surgir, isto na minha opinião que vale o que vale, é que Sócrates de parvo nada tem e todo o dinheiro do bolão que foi gasto por ser "vaidoso", não existe papéis bancários de transferências, depósitos ou levantamentos com a sua assinatura mas sim do amigo...até as várias contas. Tudo era feito em numerário. Oxalá é que não entalem o pobre do-pombo-correio-dos-envelopes.
      O que me deu vontade de rir foi a venda dos livros e aí o seu amigalhaço que já está a fazer tijolo e que bem doente o foi visitar à cadeia, esse mesmo, na volta também comprou alguns:)))

      Quantos aos filhos subscrevo tudo o que dizes.

      A primavera é linda e acabei de dar uma grande volta a pé e ver tudo a rebentar e florido é um bálsamo para a alma!

      Um resto de uma tarde feliz

      Eliminar
    3. Sócrates é um homem extremamente inteligente, disso, provavelmente, ninguém terá qualquer dúvida. E nisto talvez esteja concentrado o grande cerne da questão.

      Pois, Fatyly, a questão dos livros parece não incomodar ninguém, vá lá saber-se a razão...
      .
      .
      .

      Isso de caminhar faz bem a tudo, Fatyly, para além do mais ainda não se paga nada. Até ver... :)

      Eliminar
  4. Bom Maria, nós portugueses, temos a mania de querer sol na eira e chuva no nabal. Quer isto dizer que um nosso lado, gostou de ver e acha que o povo deve ser esclarecido sobre os gastos desse dinheiro que sabemos é de todos nós. O outro lado, ficou revoltado, porque o caso deveria estar em segredo de justiço, até à sentença, e a publicação desses dados é uma descredibilização (eu escrevi mesmo este palavrão?) total da justiça. E por falar de meteorologia, hoje por aqui o dia está lindo.
    Abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não mudaria uma única vírgula neste seu comentário, Elvira. Esclarecimento vs descredibilização, é mesmo por aí.

      Tenha também uma boa semana.
      Abraço.

      PS: Por aqui também, o dia está realmente lindo, parece que tudo melhora quando o sol faz o favor de brilhar e uma aragem quente se faz sentir.

      Eliminar
  5. Obviamente não me pronuncio sobre Sócrates porque não pretendo fazer parte do tribunal que a SIC Notícias montou de forma descabida e sem qualquer sentido.
    Sobre a reportagem propriamente dita, prefiro não me pronunciar para não ter que dizer que aquilo foi mau demais para ser verdade.
    A SIC está mesmo de rastos e prestou um péssimo serviço a quem gosta de televisão séria e a sério.

    Estamos nós, habitantes da Tugalândia, a ser tratados abaixo de espectadores caninos por canalhas que julgam poder fazer o que lhes apetece passando despercebidos.
    No que me diz respeito, a SIC passou a fazer parte da listagem de canais televisivos que o telecomando recusa.
    Nota de interesses: a SIC só me serve para ver jogos da Liga Europa (pontapé na bola) e a SIC Noticias apenas consegue o meu interesse às quintas (23 horas) - Quadratura do Círculo - e aos domingos (00:00 horas) - Eixo do Mal.

    PS: Sobre o Eixo do Mal ... vale a pena passar lá pelo meu canto.

    Beijinho e boa semana, senhora que amanhece tardiamente.

    ResponderEliminar
  6. Agora que li os restantes comentários, ser-me-á permitido dizer que não está, nem pode estar, em causa a pessoa de José Sócrates bem como da sua culpa ou inocência em relação a um assunto que nem sequer transitou em julgado.
    Por isso, falar de Sócrates neste contexto é, a meu ver, totalmente descabido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Observador, obviamente que respeito a sua opinião, o mundo é bem mais interessante quando as opiniões também divergem. No entanto a SIC/SIC Notícias continua a ser o meu canal de notícias preferido, acho que existem por lá muito bons profissionais. Não pertenço ao grupo dos que acham que os jornalistas deveriam ser erradicados, apenas penso que, tal como em qualquer profissão, existem os excelentes, os muito bons, os bons, os razoáveis e aqueles que é para esquecer. Generalizar parece-me sempre perigoso. Entretanto continuo a gostar de ler jornais - neste momento e porque me é mais fácil, os jornais online -, gosto disto de estar minimamente informada. Que raio de mundo seria este sem jornalistas? Sem jornalismo? Não me parece que seja uma profissão fácil. Eu não escolheria ser jornalista, disso tenho a certeza.

      Acho que o comentário da Elvira, por todas e mais alguma razão, acertou no alvo, por um lado merecemos todos estar informados, por outro existe a questão do segredo de justiça. No entanto assistir a tudo aquilo foi revelador em determinados aspectos, aspectos que eu, pelo menos, desconhecia completamente; não percebi por exemplo o papel dos advogados em tudo aquilo, permaneceram sempre calados; não sabia que os interrogatórios possuíam aquele tom, digamos, tão informal; não fazia a mínima ideia que fosse permitido ao interrogado levantar a voz daquela forma; e muitas mais coisas que fui anotando mentalmente...)

      (não esquecer que o 'Eixo do Mal' é um espaço de comentário, de opinião, logo, cada um tem a sua por muito descabida que a mesma seja, penso eu, mas que sei eu...)

      Beijinho para si também, caro Observador. Tenha também uma boa semana.

      Eliminar
  7. O processo Operação Marquês já não está em segredo de justiça.

    Artigo do Público:https://www.publico.pt/2018/04/20/politica/noticia/divulgacao-de-imagens-operacao-marques-constitui-crime-diz-a-ministra-da-justica-1811108

    que realço isto:

    "A ministra da Justiça afirmou nesta sexta-feira que a divulgação de imagens de interrogatórios do processo Operação Marquês “constituem crime” e que o Ministério Público tomará “as iniciativas necessárias” para “reprimir a ilegalidade”.
    Embora o processo em causa já não se encontre em segredo de justiça, a divulgação destes registos está proibida, nos termos do art.º 88.º n.º 2 do Código de Processo Penal, incorrendo, quem assim proceder, num crime de desobediência (artigo 348.º do Código Penal)”, referiu o Ministério Público numa resposta à agência Lusa."
    ...........

    O que diz o:

    Art.º 88, ponto 2. do código do processo penal. "2 - Não é, porém, autorizada, sob pena de desobediência simples:
    a) A reprodução de peças processuais ou de documentos incorporados no processo, até à sentença de 1.ª instância, salvo se tiverem sido obtidos mediante certidão solicitada com menção do fim a que se destina, ou se para tal tiver havido autorização expressa da autoridade judiciária que presidir à fase do processo no momento da publicação;
    b) A transmissão ou registo de imagens ou de tomadas de som relativas à prática de qualquer acto processual, nomeadamente da audiência, salvo se a autoridade judiciária referida na alínea anterior, por despacho, a autorizar; não pode, porém, ser autorizada a transmissão ou registo de imagens ou tomada de som... "

    e aqui bate a minha dúvida embora não seja juíza, e muito menos advogada: A SIC e a CMTV iriam fazer sem a tal autorização referida no artigo 88º? DUVIDO, DUVIDO!

    Alguém a deu...e quando um processo se torna público porque é que não se salvaguardam/blindam/retiram/ponham o piiiiii " na transmissão ou registo de imagens ou tomada de som..."????

    Já agora quem faz as leis com medidas exactas e bem confusas que mudam e ou ganham galhos conforme lhes dá mais jeito num carrossel e palavreado complexo onde até uma simples virgula poderá mudar tudo ?????

    Expliquem-me por favor e para mim foi uma mais valia saber as tramonhas de tantos tubarões e cujas ondas irão fazer surgir muitos mais, embora saiba que irá parar a "nenhures e sem qual consequência" porque as cadeias estão cheias é de quem rouba gomas num super ou no café da esquina, ou com penhoras do "carro, casa e jóias" só porque se esqueceu de pagar o IUC e o fez um mês depois.

    Já para não falar de outros crimes violentos e cujas sentenças dá vontade de se fazer justiça pelas próprias mãos. Não tenho problema em dizer, mas em algumas situações...EU FAZIA!!!!

    Estou agoniada e fuiiiiiiiiiiiiii

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admito que também não entendo a parte de o processo já não se encontrar em segredo de justiça e, no entanto, ser proibida a divulgação de imagens/som. Pensei que realmente se encontrava em segredo de justiça. Não entendo nada disto...

      Percebo a sua revolta, Fatyly, parece existir uma lei para os mais pobres e sem grandes meios para pagar bons advogados, e outra lei para os que têm mais poder económico, logo, bons advogados. Duvido que algo mude neste ponto, não deveria acontecer, mas, infelizmente, acontece.

      Fazer justiça pela próprias mãos é que... nunca, Fatyly, isso seria um tremendo retrocesso. A evolução faz-se noutro sentido.

      Cá nada de agoniada, é esperar para ver o que vai acontecer. Eu cá já me sentei e tudo. Bom, se calhar é melhor deitar-me só naquela de não me cansar ;)

      Eliminar
    2. Desculpará, caríssima Maria, mas fico com a sensação de que se está a caír no mesmo erro em que caíram as tv's tuga.
      Sinceramente não consigo, neste momento, por dificuldades físicas, explicar tim tim por tim tim onde está o erro.
      Seria interessante que quer Maria quer outra pessoa qualquer que comentou aqui, se disponibilizassem para ver o Eixo do Mal deste domingo e prestassem atenção ao que o Pedro Marques Lopes e a Clara Ferreira Alves disseram sobre o assunto.
      Dito isto vou andando não sem que anter reitere a ideia de que a minha opinião nada tem a ver com os intervenientes no processo Marquês. Apenas e tão só, o erro grosseiro em que incorreram a SIC Notícias e, pior ainda, a CMTV.
      Vejam, por favor, vejam.

      Eliminar
    3. Apanhei o programa 'Eixo do Mal' já no final. Não tenho uma opinião formada sobre o que se disse por lá, tenho de dar um salto à box... Dai não conseguir também comentar o seu post, caro Observador.

      Eliminar
  8. Nem de propósito!
    O blogger Carlos do blogue Crónica do Rochedo, aborda o assunto.
    Ora faça favor de se servir, aqui:
    https://cronicasdorochedo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui ler o texto do blog que o caro Observador sugere, vim de lá ainda mais confusa, admito.

      Eliminar
    2. Este foi um assunto que ontem, no 'Prós e Contras' da RTP, foi muitíssimo bem tratado.
      Grandes convidades, gente de bem e que sabe o que diz e como diz.
      É pena a moderação estar entrague a Fátima Campos Ferreira mas ... não se pode ter tudo.
      Vale a pena ver, carissima Maria.

      Eliminar
    3. Concordo. Vi o 'Prós e Contras' de ontem à noite. Diria que o resultado é positivo, entre outras questões, pelo menos ficámos a saber que os interrogados sabiam que tudo aquilo estava ser gravado. Imagem e som.

      (aqui que ninguém nos ouve - daí os parêntesis, aqui funcionam como duas portas - desenvolva p.f., caro Observador, isto se achar por bem, a parte da moderação e não lhe agradar o facto de estar entregue a Fátima Campos Ferreira, estas coisas sim, gosto muito de saber ;)

      Eliminar
    4. Nem sequer se pode dizer que FCF é uma boa profissional. Ao longo dos anos, sempre mostrou falta de jeito para o que queriam que fizesse. E afinal era simples: fazer jornalismo e apresentar telejornais.
      É como aquelas pessoas que quanto mais fazem menos sabem. Com o tempo, perdeu as poucas qualidades que tinha. Antes, até conseguia ser simpática.
      Modera o Prós e Contras e se o espaço pode, de quando em vez, ser considerado uma mais valia em face dos conteúdos, FCF parece fazer questão em ser a dona daquilo tudo. O que não seria mau de todo se o fizesse pelo lado positivo, verdadeiramente profissional.
      Fará o favor de confirmar que FCF interrompe com frequência os interlocutores, muitas vezes interrompendo o raciocínio. Não poucas vezes é irritante com a sua postura.
      Tem uma característica que não a ajuda e da qual não tem culpa talmente: uma dicção péssima.
      Como exemplo do que deve ser uma moderadora, aponto o nome de Ana Lourenço. Só para dar conta da comparação que faço entre o muito mau e o muito bom.
      Talvez pudesse desenvolver um pouco mais mas ... já chega de bater na pobre coitada.

      Beijinho, estimada Maria.

      Eliminar
    5. Obrigada, caro Observador, por se prontificar a desenvolver a sua opinião em relação a FCF. Agora já percebi.

      Ana Lourenço, pelo que foi dado ver e ouvir até agora, é, sem dúvida, uma excelente profissional. Nisso estamos de acordo.

      Beijinho para si também. Um bom feriado :)

      Eliminar