sexta-feira, 6 de abril de 2018

Diz que o amor da vida de uma pessoa se pode encontrar através de uma aplicação

Aplicação essa que se descarrega num smartphone ou no computador e, vai daí, qual cupido das novas tecnologias, amigo dos desesperados, encalhados e casados mas faz de conta que não, acerta nos corações palpitantes. Daí para a frente é todo um caminho feito mão na mão, olho no olho e mais coisas que agora não me dá jeito nenhum aprofundar porque está de chuva e parece que quem anda nela, nela, na chuva, costuma molhar-se. 

Admito que achei piada a esta noticia onde diz que a nova política de dados do Facebook atingiu o Tinder, algumas pessoas entraram em pânico. O pânico por estes dias não tem a ver com uma qualquer (qualquer com as devidas aspas que não se vêem mas estão lá) questão ambiental, terrorismo, um qualquer cenário sangrento de guerra no mundo, o pânico por estes dias centra-se mais propriamente no facto de eventualmente se ter perdido todas as conexões numa rede social de encontros mornos, quentes ou tórridos - Tinder. Lá está, andar para aí sorumbático é simples perda de tempo quando existem tantas situações que nos arrancam uma gargalhada. Arrancar é, neste contexto, o termo certo.

Senão vejamos:

Alguém de seu nome "Bianca" deixou esta mensagem de pânico, tudo em letras garrafais o que em linguagem própria aqui do mundo da Internet significa simplesmente que alguém está a gritar, letras maiúsculas são sinónimo de berros, berrar não é bonito e a Bianca não sabe disso.
.
.
Alguém chamado de "Max Davids" deixou esta mensagem também ela de total desorientação:


8 comentários :

  1. Não posso dizer grande coisa porque não sei quem é esse "Tinder". E como não gosto de falar de quem não conheço, sinto-me limitado.

    Consigo perceber que os comentários são de uma estupidez atroz.
    Quer ver, estimada blogger Maria, que por causa desse tal "Tinder" acabo de perder não uma, nem duas mas sim muitas namoradas algures nessa heróica rede social chamada Facebook?!?!

    Conseguir amores através de uma aplicação? Bem, isso é fácil. Lembro-me de um dos meus primeiros amores ter 'caído na minha rede' só porque me apliquei a fundo e convenci-a. Tadinha, há muito que deu em doida e eu farto-me de rir.

    Maria, faça de conta que não escrevi nada. Se o Max Davies lê isto ainda se põe p'raí com ideias e nem imagino como ficará a Bianca só de pensar no Tinder e num provável arranjinho falhado.

    Esta bloguer que amanhece tardiamente só me arranja coisas que quase me tiram do sério.
    Falo em temas, bem entendido.

    Vou ali a ver se descubro o filho da mãe do Tinder.

    Então, ciao hein?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, como pessoa muito boazinha na ajuda ao próximo, vou ajudar o caro Observador a ficar muito mais culto, isto não quer dizer que não o seja já.

      O tal do Tinder apresenta-se ao serviço:
      "Tinder é uma aplicação multiplataforma de localização de pessoas para encontros românticos online cruzando informações do Facebook e do Spotify, localizando as pessoas geograficamente próximas"

      Geograficamente próximas 'inté' mete medo. Olhe se nos calha o senhor Ermelindo da mercearia ali mesmo na esquina, não que o senhor Ermelindo não seja uma pessoa afável e isso, mas daí a querer climas românticos ermelindescos, ó, vai uma grande distância :))

      Eliminar
    2. Podemos substituír um Tinder por um Kinder? :))

      Eliminar
    3. Não se pode dar cabo daquilo da "taxa do açúcar", portanto nada disso do kinder senão as 5500 toneladas de açúcar que os portugueses não consumiram no ano passado, pode voltar a aumentar e vai daí o senhor Costa é bem capaz de dizer que a culpa foi deste meu post :)))

      Eliminar
  2. Como não pesco nada disto, melhor dizendo não percebi nadica de nada, excepto as tuas palavras...termino dizendo apenas "Fiem-se em "aplicações amorosas" e depois não se queixem.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um site de encontros, Fatyly, entretanto com isto da polémica do Facebook e da política de privacidade, algumas aplicações estão a ser também atingidas, ora, tendo algumas pessoas por lá os seus "arranjinhos", entraram em pânico por não conseguir aceder ou lá o que é. Bom, para saber tudo é clicar nos links a azul.

      Tenha um bom fim-de-semana :)

      Eliminar
  3. Bom de aplicações amorosas, ou não eu não entendo nada. Assim sendo, deixo um abraço e votos de bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita gente acha que andar na rua dá muito trabalho nisto de se poder encontrar o tal do amor no virar de uma esquina, vai daí, é mais fácil andar dentro do computador, que não tendo esquinas, tem facilidades prontas a consumir. Eu por mim não aprecio muito fast-food...

      Tenha também um bom fim-de-semana, Elvira.

      Eliminar