quinta-feira, 15 de março de 2018

Eu até gosto muito da banda "The Gift" e de Sónia Tavares, pese embora o facto de me apetecer deixar de gostar

Algumas figuras públicas decidiram recentemente que, para venderem o seu trabalho, para se promoverem, nada melhor do que um escândalozito qualquer, fabricado, cozinhado, nas redes sociais, que é como quem diz, embora lá publicar uma foto mal me levanto, despenteada, sem maquilhagem, talvez sem lavar os dentes e a cara só para emprestar maior autenticidade à cena, quase de certeza que isto se vai tornar viral, muita gente a defender-me: ah e tal, coitada, queriam que a Sónia Tavares se levantasse já maquilhada e penteada quando tem tantos afazeres logo de manhã como, por exemplo, preparar e levar o filho à escolha? - há gente que sabe muito e, o que sabem a mim não me acrescenta, antes pelo contrário.

Eu, que não gosto de andar neste mundo só para ver os eléctricos passar, embora goste de ver eléctricos passar, pus-me a pensar e cheguei à grande conclusão que, se a Sónia Tavares em vez de se levantar de manhã e, a primeira coisa que se lembra de fazer é apontar uma câmara direita a si no sentido de publicar fotos nas redes sociais, pegasse nesse tempo precioso para fazer algo mais substancial, talvez não precisasse de se defender das pessoas más, muito más, más, más, más, que só sabem dizer mal de pessoas que têm uma vida tão ocupada que mal têm tempo para respirar. 

Será que se uma pessoa deixar de tirar selfies mal se levanta de manhã, deixar de perder tempo a publicar nas redes sociais, sobrar-lhe-ia tempo para, sei lá, na loucura, tomar banho? Tomar o pequeno-almoço em casa? Fazer a cama? Conversar um pouco com os  filhos? Não correr escadas abaixo? Não arrancar com o carro feito alucinado porque está atrasado? Não chegar ao trabalho com humor de cão porque existia fila na ponte? Inúmeras coisas que se podem fazer de manhã e, existem pessoas que só se queixam por não ter tempo para nada, mas, pasme-se, têm imenso tempo para publicar fotos suas e aguardar tranquilamente pela fogueira das redes sociais. Aquilo aquece a existência.

(sempre que alguém, uma figura pública, seja cantor(a), actor, actriz, apresentador(a), político, seja quem for, tenta atirar-me areia para os olhos e armar-se em vítima quando tudo aquilo é manipulado, é mais do que certo que não me apanham a comprar outro trabalho, a ver um qualquer espectáculo, a votar lá no dia de votar; está na altura de se tratar as pessoas com respeito, respeito não é fazer das pessoas imbecis)

Canseira, isto, do chico-espertismo...

6 comentários :

  1. Respostas
    1. É, sem dúvida, mas também passa por chamar às pessoas aquilo de imbecis. Eu cá acho que algumas figuras públicas começaram a usar e a abusar de uma desonestidade intelectual, que é obra.

      Cumprimentos, Gil.

      Eliminar
  2. É caso para dizer que está tudo doido.
    E não perco nem mais uma letra com este tema. Começo a ficar farto de imbecis.

    Desculpe a rudeza do desabafo mas é o que sinto.
    Pronto, um beijinho para atenuar a coisa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse só por aí, por o 'está tudo doido', até que a coisa seria mais ou menos digerível, só que não me parece. Muitos lá da profissão de ser figura pública e conseguindo isso de ser comentador(a) no quadradinho mágico, influenciaram as pessoas noutro sentido, no sentido de que as pessoas das redes sociais, as que resolveram dizer de sua justiça, é que eram pessoas terríveis. 'Tadinha' da Sónia Tavares, ali tão ocupada de manhã, a tirar fotos e isso - toda a gente sabe que tirar fotos logo de manhã é muito desgastante, não se tem tempo para mais nada, o horror, a catástrofe, nada de tempo sequer para se arranjar, pentear, lavar os dentes, vestir uma roupita sem ser o pijama, tal é a pressa de tirar fotos e publicar nas redes sociais. Bem, as pessoas são realmente muito más quando dizem mal. Oh!

      Fez-me lembrar, assim de repente, uma actriz que tirou uma foto de calções curtos, uma foto ao rabo - a classe de algumas mulheres passa por virar o rabo para a câmara no sentido de tirar fotos ao dito e publicar nas redes sociais, só elegância, mesmo, quando não há talento na parte de ser actriz, tira-se fotos ao rabo, cada um caça com o que tem... A actriz em questão ficou extremamente chocada quando as pessoas das redes sociais disseram que tinha o rabo cheio de celulite. Isto só rindo porque chorar é bem capaz de aumentar a celulite lá na parte dos neurónios. A coisa é de tal forma manipulada pelas figuras públicas no sentido de que as redes sociais falem do rabo da dita cuja e da celulite da dita cuja que, pode, eventualmente, trazer trabalho... sem celulite, já se vê :))))
      ...

      Onde estás Meryl Streep? Onde estás Julianne Moore? - actrizes do melhor que há que não precisam de se despir gratuitamente para as redes sociais. Também temos excelentes actrizes portuguesas que não o fazem, a despir-se aquilo tem de fazer sentido lá dentro do contexto do papel que vão desempenhar.

      Beijinho para si também, caro Observador :)

      Eliminar
  3. Li e vi do que falas numa notícia julgo no SAPO e sinceramente fiquei a pensar na valorização daquele artigo. Uma autêntica auto-promoção-a-atirar-mais-para-os-lados-do-Júlio-de-Matos?
    Também há publicações de outros artistas nacionais e internacionais e muitos apanhados nas suas vidas diárias...mas qual o interesse dessas "porcarias".

    Logo de manhã e ou quando acordo alguma vez passaria pela minha cabeça fazer e publicar uma foto? Imagino o que não se escreveu nas redes sociais e depois ainda e queixam dos jovens e ou adolescentes? A meu ver a Sónia fez algo grave e nem sequer pensou nas eventuais consequências para o seu filho?

    Tirem-me deste filme porque a fama faz mal a muita gente...ó se faz!

    Um abraço gelado e chuvoso graças à tempestade Hugo:))))



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A polémica disto da Sónia Tavares dos The Gift rebentou há relativamente pouco tempo nas chamadas redes sociais, tratou-se de uma foto que a cantora resolveu publicar numa das suas páginas pessoais na net, em que se mostrava como se tivesse acabado de sair da cama, vai daí as pessoas deram a sua opinião. Eu cá acho que a coisa foi plantada pela própria exactamente para dar polémica, para ser falada, daí este meu texto. A manipulação nos dias que correm é tanta, que eu, e falo por mim, mal tenho vontade de colaborar nisto de comprar trabalhos dos artistas, ver espectáculos... Saudades disto de as pessoas apenas nos darem a conhecer aquilo que melhor sabem fazer, seja cantar, seja representar, o que quer que seja.

      Digo-lhe, Fatyly, gosto de saber o menos possível da vida privada, intima, das figuras públicas, aliás, algumas até passam uma melhor imagem quando falam pouco ;)

      Abraço e tenha uma boa noite.

      Eliminar