quarta-feira, 1 de março de 2017

(coisas supostamente erradas vistas de um outro ponto de vista)

Diz que a conselheira de Trump não deveria estar nesta posição tão descontraída na tal da Sala Oval. Bom, se calhar é melhor parar por aqui porque, pelos vistos, se aquela sala em forma de ovo falasse muito pintainho piava.

A mim, aquela a quem nem perguntaram nada mas, se perguntassem, eu não teria problema algum em responder, apenas digo que o que me incomoda é o salto do sapato da senhora espetado no sofá. Pelo menos podia ter tirado os sapatos de modo a evitar que o mesmo sujasse o sofá com caca de cão. E vai que Trump se senta lá no sofá sem ver a caca de cão?...


(coitados dos senhores lá das escolas que dirigem e, das universidades,
alguns a olhá-la devem estar a pensar:
que raio de avestruz nos saiu na rifa!...)

12 comentários :

  1. Esta atitude, a da senhora assessora, tem apenas um significado: falta de senso, do bom.

    Bem observada a questão do salto (alto) do sapato da senhora que vale zero.

    Trump está rodeado de caca. Ele próprio é caca.

    Beijinho, senhora que lá vai descobrindo coisas :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falta de senso é dizer pouco, eu, no meio da minha assumida ignorância misturada com um lado meio naïf, nem sequer sabia que alguém com a função de conselheira de um Presidente, em plenas funções, se podia dar ao luxo de se sentar como nos sentamos no sofá de casa. Ou seja, em modo descontraído. Se calhar o facto do Trump estar a receber apenas e só pessoas sem importância alguma (activar o modo ironia nesta parte) - dirigentes de escolas e universidades, dá o direito de... coiso. Coiso, faz pendant com a foto em questão.

      (tinha que descobrir uma coisa mais leve depois do post anterior que foi um bocado pesado, digamos assim, uma questão de equilibrar energias)

      Beijinho para si também, caro Observador :)

      Eliminar
  2. Sempre atenta Maria, e sim não devemos ler na diagonal, mas quando aqui venho, mesmo sem a "cara" sinto opiniões sinceras, mas gostava de ver a tua "cara", não que no teu caso fizesse diferença, mas continuo a dizer que muitos se refugiam no anonimato para puder ser aquilo que não conseguem ser à frente de todos...Beijinho e bem apanhada a da avestruz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Marina, acho que a maioria das pessoas não vai perceber parte deste comentário, aquela parte da "cara")

      Mas vamos lá a isto: é preciso ter em conta que a grande maioria dos que escrevem em blogs, não sentem grande necessidade de mostrar o rosto, talvez porque o que interessa mais são as palavras escritas, as opiniões, o texto, o poema, a história, o conto... Um blog para mim faz-se mais de palavras do que de fotos, de vídeos, a foto ou o vídeo devem complementar o texto. Um blog exclusivamente de palavras também se torna massudo. Lá está, é necessário o tal equilíbrio, isto na minha opinião, aquela que vale o que vale.

      Não sinto necessidade de saber a idade do/a blogger, se é magro ou gordo, se é alto ou baixo, se tem rosto sisudo ou rosto alegre, e por aí fora. Alimento-me apenas das palavras. É um grande alimento para a alma.

      (sou muito mais frontal na vida dita real do que aqui no blog, ó se sou)
      (é avestruz, pois)

      Beijinho também para esse lado :)

      Eliminar
  3. A atitude dela, de absoluta falta de senso, é na minha opinião, para estar de acordo com o homem que assessora. Daquela figura, não se esperava que escolhesse uma conselheira com os cinco alqueires bem medidos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira, nunca tinha ouvido essa expressão, a dos "cinco alqueires bem medidos". Gostei.

      Eu também acho que a postura vai contra tudo aquilo que se considera ser profissional, mas isso sou eu que acho que existe sempre aquilo de separar águas.

      Um abraço para si também, Elvira.

      Eliminar
  4. Ai Maria, que grande apoquentação!
    A pobre menina devia estar a acabar um qualquer exercício ligado à ginástica, problema só dela, mas o que me inquieta é o ar de espanto dos senhores, pobres deles, que assistem àquela cena.:)
    E depois, as ditas meninas gritam e esperneiam pela igualdade?:(

    Com sua licença, Maria. Vou retirar-me antes que junte mais algum disparate áqueles que já aqui deixo.

    Tenha um bom dia.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu cá não estou nada apoquentada, GL, era só o que me faltava apoquentar-me com saltos espetados em sofás, desde que não seja o meu... :)))))

      Menina??? Hummm... Pobre??? Hummm...

      Mas este é um post que convida ao disparate. A intenção destes meus posts é convidar as pessoas desse lado a deixarem-se ir. É saudável.

      Tenha também um bom dia, GL.
      Beijinho.

      Eliminar
  5. Não só é saudável como é absolutamente necessário. A vida já não é cinzenta q.b.? Então?!

    Mea culpa, mea culpa, contribuo com muitos "pózinhos" para o aumento do tal q.b., mas que volta dar a isto?
    Valha-nos uma Maria que, de quando em vez, dá em soprar, faz um estardalhaço lindo de se ver e...? E nós - não devo ter a exclusividade - com um sorriso de orelha a orelha, e quantas vezes, com uma gargalhada que sabe pela vida:):)
    Deixe-se estar por aí, sim?!
    Agradecida.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Digo-lhe em tom de confissão, foi algum bom humor que me salvou nos piores momentos da minha vida, sem ele duvido que tivesse conseguido sobreviver, ou pelo menos tivesse conseguido sobreviver com a sanidade mental ainda em modo comestível :)

      (ontem deu-me para estar ali a ver a Maria Rueff, de quem sou assumidamente fã, aquela forma muito própria de fazer humor, muito saudável, faz com que uma pessoa se sinta, pelo menos, uma tonelada mais leve; não entendo isto de os nossos melhores humoristas se encontrarem para ali escondidos em horas impróprias para o consumo de alguns que não têm aquilo da box para conseguir ver quando assim entenderem)

      Eliminar
  6. Esta Barbie meia zonza primeiro inventou um massacre que nunca existiu. Depois foi contra as leis em publicitar as roupas da Ivanka e agora esta com uma explicação sem pés nem cabeça de que:"Pediram-me para fazer uma fotografia a partir de certo ângulo" e como naquela cabeça só deve existir "caca" nada como fazer a figura que mostra a foto. Acho que os seus neurónios talvez rendessem se tivesse espetado o salto no "dito cujo".

    Trump gosta deste género de pessoas...ó, ó...ó!

    Uma boa tarde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem fala assim não é gago. Falou senhora dona Fatyly :)))

      Ó para o historial tão lindinho da senhora assessora:
      "Entre Trump e Kellyanne, quase se pode dizer que foi amor à primeira vista. Salvo seja. Até ver, têm sido unha com carne na administração norte-americana. Mesmo que a conselheira tenha já sido useira e vezeira em dar "tiros no pé".
      Em janeiro, quando o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que a cerimónia de posse de Trump fora a mais concorrida de sempre - o que esteve a muitos milhares de pessoas de ser verdade - Kellyanne justificou-o dizendo que apenas tinha apresentado "factos alternativos".
      Depois, para justificar a lei anti-imigração de Trump, Kellyanne lembrou o massacre de Bowling Green em várias entrevistas: um caso que, em boa verdade, nunca aconteceu."
      (by TVI24)

      Tenha também uma boa tarde, Fatyly.

      Eliminar