segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

(pronto, devo ser a única que acha que aquilo dos Óscares não foi engano algum)

Numa era de Trump, de gente muito revoltada pela onda de racismo que parece querer instalar-se nos EUA, provavelmente com consequências enormes em todo o mundo, obviamente que tinha de ganhar o "Moonlight". Faz todo o sentido e a coisa foi muitíssimo bem feita. Mas isto sou eu e as minhas  teorias que, não passam disso mesmo, teorias.

Não são rosas, senhores, são conjecturas. Meras conjecturas.

E o Warren Beatty fez jus ao facto de ter escolhido como profissão, a de actor.

E é isto.

15 comentários :

  1. Respostas
    1. Elvira, eu acho que foi uma forma de os actores, muitos deles revoltados com esta eleição de Trump e tudo o que a dita arrasta, o racismo, a xenofobia e por aí fora, conseguirem passar uma mensagem muito forte, com um suposto engano que, tratando-se desta cerimónia que é vista em mais de 200 países atingir proporções gigantescas. Pelos vistos conseguiram mesmo. Estão de parabéns se realmente a intenção foi essa.

      Abraço, Elvira.

      Eliminar
  2. E o que dizer de Denzel Washington, o veterano que interpreta e realiza "Vedações"?
    Merecedor do prémio Melhor Actor e, por que não, o Melhor Filme?

    'Moonlight' é fraco. Na minha perspectiva, claro.
    Casey Affleck nomeado Melhor Actor? Está tudo doido!

    Conjecturar faz bem ao fígado e às paredes do estômago :))
    Bom início de semana, um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Moonlight" tem uma história fortíssima e muito adequada aos momentos conturbados que o mundo atravessa, e pode de alguma forma ajudar a derrubar muros que muitos teimam em construir, ainda mais agora com a eleição de Trump.

      Não se conseguirá provar nunca que esta foi, talvez, a melhor encenação que a cerimónia dos Óscares alguma vez realizou. Mas eu, cá por coisas muito minhas, e porque gosto muito de exercitar aquilo de observar até a exaustão, acredito piamente que foi planeado para que o tal "engano" resultasse. Resultasse na mensagem a ser transmitida, que é necessário, urgente, derrubar o preconceito, não deixar que gente preconceituosa esteja à frente de grandes potências mundiais e evitar a todo o custo que outros os sigam passando a mesma mensagem. A mensagem de que existem uns mais iguais do que outros. Não, não existem. Isso é manchar a dignidade de qualquer ser humano. É apenas a minha opinião, aquela que vale o que vale...

      Beijinho, caro Observador. Boa semana.

      Eliminar
  3. Toda a minha bondade aqui espelhada, caríssima Maria.
    Siga o link, por favor.

    http://www.msn.com/pt-pt/noticias/video/erro-hist%c3%b3rico-na-cerim%c3%b3nia-dos-%c3%b3scares/vi-AAnu3zq?ocid=spartandhp

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vi a cerimónia dos Óscares em directo... Mas uma coisa é o que nos querem mostrar, e outra bem diferente é a que os nossos olhos enxergam.

      Nada daquilo convence, nem o Warren Beatty, e muito menos o momento em que lá o outro chega ao palco e diz tratar-se de um erro. A única coisa genuína por ali é a plateia que, essa sim, foi apanhada de surpresa, não poderia ser de outra maneira. A encenação para ser perfeita teria que ser exactamente assim. Ou o caro Observador acha que numa cerimónia tão grandiosa quanto aquela, onde existe tanta coisa em jogo, cometeriam um erro tão básico como a troca de um envelope? Sim, sim, contem-me histórias... :))

      Ah, e não sei se se apercebeu, mas até o glamour inerente a este tipo de evento, a história dos vestidos, das jóias, acabou tudo por ser passado para segundo plano, apenas se fala em todo o mundo do filme "Moonlight" e deste "engano". Foi ou não foi um golpe de mestre isto tudo? Ah, pois foi!

      Eliminar
  4. Uma cerimónia estranha. Outro erro: https://www.noticiasaominuto.com/cultura/748865/houve-outro-erro-nos-oscares-trocaram-foto-a-artista-que-morreu?utm_source=gekko&utm_medium=email&utm_campaign=afternoon

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ó ó ó a surpresa, agora as redes sociais, os media, vão esfanicar a coisa até à espinal medula :))

      (eu cá respeito a opinião das pessoas que acreditam que aquilo foi um erro abismal sem desculpa, só que eu estou sintonizada noutra onda, o mundo também é todo ele feito disto, de opiniões que divergem)

      Eliminar
    2. Alternativa: ver o compacto mostrado ontem à noite pela SIC Caras.
      Fi-lo e fiquei chocado com a forma como tudo aconteceu.
      A culpa foi, inegavelmente, da produção do espectáculo.
      Isto não se faz.

      Eliminar
    3. Ah, não sabia que o caro Observador ainda não tinha visto a cerimónia ...

      Eliminar
    4. Toda a cerimónia não, não tinha visto.

      Eliminar
  5. Bom dia :)
    Não, Maria. Está enganada. Não é a única a achar que não houve engano nenhum. Eu este ano não vi a cerimónia em direto, nem sei se deu em algum canal que eu tenha, ando muito desligada da televisão, mas quando me disseram que tinha havido um engano e eu fui ver as imagens, a primeira coisa que pensei "O quê? Engano???" .... Não, não me convencem que foi engano. Reparou na forma como foi desfeito? Assim de caminho? Como quem diz numa loja de roupas, "Olhe, afinal, já não levo a azul, levo a lilás..." e a funcionária, que ainda nem tinha feito a conta , responde "Como queira, a senhora é que sabe..." ??? Então um erro daqueles desfaz-se assim? e fica tudo com caras de "é igual..." ? Eu acho mais: eu acho que nem houve o cuidado de fazer crer ao público que tinha sido realmente um engano.... Porque se eles o quisessem faziam-no! Mas não vi isso... O que eu vi foi "Ah, afinal não é este é o outro, mas é igual, fica tudo em casa..." Sem decepção nem mesmo surpresa alguma?

    Mas pronto... Se há quem ache que foi um engano, que continue a achar...

    Não costumo ler os comentários dos outros comentadores, mas por acaso, estou a olhar para a sua resposta aqui acima e estou a ler "eu cá respeito a opinião das pessoas que acreditam que aquilo foi um erro abismal sem desculpa".... Pois aí é que está: eu não vi ali ninguém com cara de que se tinha tratado de um erro abismal, sem desculpa... Só, talvez, o público, mas eles não... Nada!

    Um bom dia de Carnaval :) Por aqui está chuvoso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São,

      Ah bom, assim não me sinto um "bicho estranho" por achar (e cada vez mais acreditar) que não existiu por ali erro algum. Foi encenado para nos levar a crer que sim. Afinal aquele é o mundo da ficção, da ilusão, onde dão cartas os melhores actores de sempre.

      No entanto, não acho, ao contrário de muitos erros que são plantados propositadamente nos dias que correm, dizia eu, não acho que este seja na onda da má intenção com a finalidade de lucrar algo, não é por aí, esta foi uma causa maior, e sendo uma causa maior fecha-se os olhos e siga o baile.

      Já existe quem diga que a Academia com isto tudo ficou de alguma forma descredibilizada, perdeu milhões, que algumas pessoas foram despedidas na hora em nome deste "erro", que cabeças já rolaram, e eu dá-me para rir, rir naquela de que não acho que isto vá arranhar nem um pouco a credibilidade desta cerimónia, antes pelo contrário, trará no próximo ano, muito provavelmente, mais gente a assistir. Opiniões...

      Já para não falar da história das duas malas que contém os envelopes com os resultados finais dos vencedores em cada categoria, muita gente acredita que aquilo é selado e só aberto no dia da cerimónia, mais ninguém tem acesso, que é um tudo muito rigoroso e impenetrável. Eu por vezes oiço certa gente e dá-me para achar que para eles o Pai Natal continua a descer pela chaminé lá pela altura do Natal. Caramba, aquilo é o mundo do cinema, das luzes da ribalta, do mundo perito em criar ilusões, em vender ilusões... Quem raio acredita que as malas com os envelopes só são abertas no dia da Cerimónia? Alguns adultos estão a infantilizar é o que é :))

      (a desculpa já emitida pela PwC é tão fraquinha, tão mal amanhada, tão feita à pressa que, pronto, a malta encolhe os ombros, sorri e vai à sua vidinha, para o ano há mais... olé!)

      Tenha também um bom dia, São :)

      Eliminar
  6. Só vi ontem e falando com a minha filha disse-lhe o mesmo que pensas...que o erro foi propositado ou para "validar os trumpices" ou "dos que são contra". Claro que digo isto sem certezas como é óbvio.

    Foi uma autêntica bomba e agora veremos as cenas dos próximos capítulos:)))

    Um bom feriado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fatyly, a minha teoria - como teoria vale o que vale - é que esta foi uma forma muito inteligente de acordar um pouco o mundo, abanar um pouco o mundo, através da sétima arte que é o cinema, evitando ao mesmo tempo politizar uma cerimónia que se quer de glamour. Foi mais ou menos um dois em um que, me parece, ter resultado. Afinal de contas o "Moonlight" anda na boca do mundo. Não é o momento certo para LaLaLas em modo cor-de-rosa, é tempo para filmes que despertam consciências. O rosa logo virá a seu tempo :)

      Bom "feriado", Fatyly.

      Eliminar