segunda-feira, 5 de setembro de 2016

(das coisas simples da vida, aquelas que me sabem pela vida)

Tão somente chegar a casa depois de um dia de calor insuportável, vestir uns calções rotos (é moda, pronto), uma t-shirt na mesma onda e, regar. Descalça. Gosto de regar descalça. Existe lá sensação melhor?!? Para alguns provavelmente existirá, mas neste momento estou feita uma senhora do campo. Atentai na palavra senhora. Desvendai a palavra senhora. Desvendai o significado de desvendai. Que confusão que para aqui arranjei numas simples cinco linhas de texto. Bem, se calhar bebi muito água da mangueira... 


(nada de trocadilhos óbvios, se faz favor e obrigada também)

6 comentários :

  1. Uma senhora que tudo faz para viver a vida como uma senhora pessoa. E, parece-me, vai no rumo certo.

    Um beijinho, Maria :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AC, isto de regar e andar descalça faz-me voltar à minha infância, mais propriamente a casa dos meus avós com quem vivi os primeiros seis/sete anos da minha vida. Eu e a natureza viva entendemo-nos muito bem.

      Receba também um beijinho :)

      Eliminar
  2. Se sabe bem ó se sabe e fizeste tu, desculpe...Senhora:))) muito bem.

    Adoro este calor e felizmente é mais um ano em que o meu físico sente-se em forma.

    Depois de muito trabalhinho tomei um belo duche. Vim para o quintal e resolvi dar de beber a umas plantas. As netas falavam comigo e os cães sempre atentos ao que faço e digo. De repente a mangueira soltou-se, um repuxo danado e a rir ficámos todos molhados e ainda pus mais água para gáudio das miúdas e dos cães. Um momento tão alegre, de risada ao mais alto nível e aproveito estes pedaços luminosos vindos do nada, que me enchem a alma.

    Um bom dia e lá vou eu para mais um dia de prevenção:))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah, gostei da parte do "senhora", respeitinho é bom e eu gosto. Estou a brincar, Fatyly, aquele "senhora" do meu texto foi uma pequena provocação para ver se as pessoas desse lado saberiam em que estaria a pensar esta minha cabeça por vezes meio tresloucada, também precisamos disso de tresloucar de quando em vez:)))

      Também eu gosto de calor, mas gostando de calor, admito que o de ontem quase que me deitou abaixo. Foi demasiado. Daí que regar descalça e de vez em quando pôr a mangueira nos pés para refrescar, sabe muito bem.

      O duche no Verão, salvo raras excepções, é quase sempre frio. Gosto da sensação de sair do... após duche frio. Parece que se ganha dez anos de vida. Até a energia é outra. Isto para quem não tem problemas de saúde, obviamente.

      Ora, faz a Fatyly muito bem em aproveitar ao máximo a vida ao lado das suas netas, das suas filhas, de quem mais gosta, nada supera momentos em família, quando a família se dá bem, o que nem sempre acontece, infelizmente. Não esquecer os cães, esses amigos para a vida que passam energia daquela muito boa.

      Tenha um óptimo dia, Fatyly.

      Eliminar
  3. Por aqui desvenda-se tudo. "Senhora", "desvendai" e até "confusão".
    Sem muito trabalho mas com muito calor.

    Calções rotos e t-shirt na mesma onda, é fixe. Espere, na mesma onda quer dizer que também a t-shirt é rota? EStá bem, sigamos.

    Regar descalça(o) é muito bom. Digo eu que quando fazias as minhas regas, o fazia descalço. Quanto a sensações melhores ... pois ... é isso.

    PS grande: o que são trocadilhos óbvios? Caramba, só isto é que não desvendei ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saberá que esta pessoa (eu, portanto) desde os meus vinte e três anos, altura em que entrei a sério para o mercado de trabalho, para uma empresa daquelas que não brinca em serviço, com contrato e tudo e tudo, com ordenado a sério e tudo e tudo, e que lhe dizem que agora aquele modo de vestir descontraído, próprio de quando se é estudante (ténis, calças de ganga, t-shirts, blusões, sem maquilhagem alguma) tem que mudar para algo mais formal. Formal do género sapatos de salto, camisas cintadas, saias e calças formais e coisas dessas, dizia eu que, essa pessoa quando se encontra fora deste habitat-profissional, digamos assim, só lhe apetece vestir coisas muito descontraídas. Vai daí que, regar, cortar relva, aparar arbustos, limpar o terreno, ir à praia, fazer compras de supermercado, caminhar, fazem pendant com calções rotos e coisas que tais, sabe-me pela vida :)))

      "o que são trocadilhos óbvios? Caramba, só isto é que não desvendei" (ahahahahahahahahahah)

      Eliminar