sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Das coisas mais estranhas que vi até agora nos blogs, duas delas são (sinal de pontuação a aplicar, dois pontos)

A seguir aos dois pontos, vou saltar directamente para as tais duas coisas estranhas nisto dos blogs.

Primeira: Bloggers que se seguem a eles próprios. Ainda não percebi se é engano ou se as pessoas estão apenas desesperadas por mais um seguidor. Dizem por aí, os que percebem disto dos blogs, que quem não tem mais de 100 seguidores não é ninguém na blogosfera. Esta zefa-ninguém, eu portanto, duvida que alguma vez consiga atingir os 100 seguidores e não é por isso que me vou pôr a seguir-me. Para além de arrepiante, também deve dar cabo da coluna. Admiro, e muito, é quem me segue, isso sim, é gente corajosa. Seguir quem por vezes tem verdadeiros ataques de insanidade, quem por vezes escreve textos que até eu própria me vejo grega para os entender, é de gente corajosa. 

Segunda: Pessoas que ao depararem-se com comentários em duplicado, em vez de apagar um deles, não, para além de não apagarem, ainda respondem aos dois, sendo os dois comentários exactamente iguais. Ah, esqueci-me de dizer, respondem aos dois comentários exactamente iguais de forma diferente. Ó raio de oportunismo, ó raio de sei lá o quê que agora se me varreu. 

Sei que tenho um feitio que por vezes não se aguenta, esta minha mania de dizer o que penso... Pelo sim, pelo não, vou já escrever uma carta e deixar bem claro que, se se der o caso de aquilo de morrer e voltar a nascer ser verdade, eu quero nascer com o fusível da frontalidade muito bem arranjado. Isto de ser frontal não faz bem à pele. À minha, claro está. 

15 comentários :

  1. Até uma determinada altura, clicava lá na coisa de cada um(a) e tornava-me seguidor. A partir dessa determinada altura, deixei-me disso. Nem sei, com toda a franqueza, se ainda apareço como seguidor de alguém.
    Reconheçamos no entanto que é preferível ser seguidor/seguido a ser perseguidor/perseguido.
    Parecendo que não (será que parece que não?) é muito diferente.

    Comentários em duplicado sim, já tenho percebido que acontece. Não se justifica que se responda em duplicado, pior ainda quando se faz com teor a cheirar a fotocópia. Responder aos dois iguais, de forma diferente, pode ser um problema de (falta de) memória. Ou seja, quem responde ao segundo, não se lembrar que já o fez a um primeiro.
    Acontece muito com os bloggers da Gronelândia e da Tanzânia, o que já foi cientificamente explicado mas eu agora não me lembro do argumento utilizado.

    Quanto a maus feitios, sugiro um desafio: comparar o seu com o meu. Não sei quem sai do desafio (que pode não acontecer) a ganhar.
    Nota de interesses: não entram para este bate letra as segundas feiras.

    Reincarnar ou morrer e voltar a nascer outra vez (cada qual usa o termo que melhor lhe assenta) ... alto lá. Se isso me acontecer, quero vir com os fusíveis o mais desarrumados possível. Principalmente o Tico e o Teco. Só para conhecer a diferença entre os fusíveis arrumados e os desarrumados e perceber se está a valer a pena andar por aqui - entenda-se esta vida - todo arrumadinho e tal.
    Pode parecer o contrário mas não sou má peça. Digo eu, claro. Há quem não pense assim, aqui na blogosfera e no tal Facebook. Alguns/algumas até querem dar a entender que não sei escrever e que tenho a mania que sei tudo.

    Disparates escritos, vou ali espreitar o horário do transporte para a ala psiquiátrica mais próxima.

    Um beijinho amalucado :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje em dia e com esta coisa das redes sociais, mede-se o sucesso das pessoas pelos likes e pela quantidade de seguidores. Eu cá acho que o mundo acabou de enlouquecer, mas pronto, se as pessoas são felizes é deixá-las ser felizes da forma que melhor as aprouver... As coisas mudaram drasticamente quer na vida real, quer na vida dita virtual e, quantidade, passou a ser sinónimo de qualidade. Bom, umas vezes até coincide, outras nem por isso, são mais as vezes de que nem por isso. Por mim encaro esta minha vida virtual em forma de blog (e só) como um amigo me ensinou a encarar a vida real, diz ele que o que é preciso é "calma, tranquilidade e estupidez natural". Está feito (eheheheh).

      A blogger mais conhecida de Portugal e arredores conta com cerca de 12.000 seguidores (penso), falo da "Pipoca Mais Doce", eu só de pensar encolho-me toda. Caramba, não deve ser fácil saber que temos 12.000 pessoas à porta da nossa "casa". Com os tarados que andam para aí... Bem, começo a achar que nisto das redes sociais são mais as "taradas" a perseguir, do que propriamente tarados (não tenho a certeza, obviamente). Sempre defendi que gostava de ver mais mulheres em lugares cimeiros, mas não me referia propriamente a isto. Bah!

      Reencarnar tem outro significado. Não foi esse o sentido que quis dar ao que escrevi.

      Aquilo dos comentários em duplicado - tenha em atenção que são seguidos - só descobri ao entrar ontem à noite num blog que nem sequer costumo visitar. Fiquei pasma. Obviamente que não vou referir o/a blogger, só que com estes gestos as pessoas acabam por revelar traços de personalidade que não abona muito a favor. Digo eu, mas que sei eu...

      Beijinho, caro Observador.

      PS: Os disparates, quando bem doseados, fazem bem à alma. O humor também. E um cozido à portuguesa com um copo de vinho tinto, também.

      Eliminar
    2. Alguém aqui teve a ousadia de falar em cozido à portuguesa?

      Eliminar
    3. caro... ups!... já sei que não quer que o trate por "caro" Observador (estou feita!), peso 52/53 quilos, visto um 36, por vezes um 34 nalgumas peças e... como cozido à portuguesa sem qualquer sentimento de culpa. Isto de pessoas sempre a dizer que isto engorda e aquilo engorda e não se pode comer, tira todo o prazer de viver. Pode-se comer cozido, desde que não o façamos toooooooodos os dias. E é isto.

      Eliminar
    4. E é disso, desse cozido à portuguesa que eu gosto.

      Eliminar
  2. Olá, Maria :)
    A primeira é uma espécie de masturbação do ego... A segunda nem tem ponta por onde se lhe pegue...

    Como a Maria sabe, eu uso mais o Facebook do que o Blogger, mas por lá é a mesma coisa. Há pessoas que escrevem um post no Facebook e, em seguida, colocam um "like" ou "gosto" (depende se têm a página configurada para Inglês ou para Português)... E eu penso "Pois se não gostasse, não publicava!" :D... Porque há partida, se uma pessoa faz uma publicação é porque, de alguma forma, gosta!! Pode até ser uma notícia, um assunto triste, mas que a pessoa gosta de dar a sua opinião ou de divulgar, ou seja, gosta no sentido de achar util a sua publicação... Caso contrário não publicava, certo?

    Também é assim que entendo os "gostos " de outras pessoas!!! A pessoa que assinala gosto pode estar a dizer que gosta da notícia, que gosta que se tenha falado dela, que acha util a sua divulgação, enfim... Há vários sentidos para o "gosto", mas o que vejo é que as pessoas usam e abusam do "gosto"!!! Usam o "gosto" de forma leviana... Põem. "gosto" sem sequer ler, porque é impossível uma pessoa publicar um texto enorme e dois segundos depois ter já três ou quatro "gostos"... Sou conhecida no Facebook por ser " a mulher que detesta gostos "... Não é bem assim, eu acho é que o gosto deve ser usado de forma adequada, com algum sentido, apenas isso...

    Algo que me irrita profundamente é uma pessoa pedir uma ajuda aos" "amigos ", contactos de Facebook, no sentido de esclarecimento, informação, opinião e, em resposta, mais do que comentários, receber "gostos"!!!! Ora, em que é que os " gostos "ajudam???? Há algum tempo atrás, um dos meus contactos escreveu isto na página do Facebook "Queria juntar todos os serviços nima operadora. O que aconselham? MEO, NOS ou Vodafone?" e em resposta teve muitos comentários, mas muitos mais "Gostos"... Ora, que sentido tinha aquilo??? O único sentido que eu vejo com alguma lógica seria as pessoas também estarem a pensar mudar de operadora e então os " gostos "serem no sentido " Olha, ainda bem que perguntas, porque também quero saber! "... Mas duvido que fosse isso... O que se passa é que as pessoas usam e abusam do botão " gosto " e isso irrita-me de uma forma que nem imagina!!

    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São,

      A segunda entrou-me pelos olhos adentro ontem à noite. Resolvi dar uma volta por alguns blogs e segui um link, vai daí resolvi ler os comentários ao texto em questão e deparo-me com aquilo dos comentários duplicados colados um ao outro e a resposta da pessoa aos mesmos como se fossem diferentes, penso que o fez mais do que uma vez. Caramba, é muito desonesto aquilo.

      Já percebi que não nasci para isto das redes sociais, não tenho o que é preciso. Nem quero ter. Se ganhasse dinheiro com isto talvez tivesse que me... adaptar, ora, como escrevo por puro prazer, a resposta está dada.

      Isso que diz, que as pessoas põem um gosto sem sequer ler, por aqui nos blogs é a mesma coisa, existem comentários que dá para perceber são só para picar o ponto e está a andar. Se eu só escrever num comentário "gosto", ninguém vai perceber que eu nem sequer li. Agora, se eu comentar com mais linhas, nem que sejam apenas duas linhas, a coisa aí dá trabalho, o trabalho de ler e, responder em conformidade.

      Ah, percebe agora porque é que continuo a não querer Facebook?! A resposta está dada no seu último parágrafo.

      Abraço, São :)

      Eliminar
    2. Bom, Maria, mas também nem todas as pessoas são iguais. Há blogs excelentes e este, para mim, é um deles. Lá está a Maria a dizer que não nasceu para isto. Não me parece. Claro que há gente parva, mas também há pessoas sensatas e que usam as redes sociais de forma saudável (os outros também usarão... À sua maneira)... Nessa pergunta que esse meu "amigo" fez também teve muitas respostas cuidadas... Nessas perguntas, às vezes, ficamos ainda mais confusos do que no início,porque cada um tem a sua opinião, mas a pessoa sempre pode ponderar "Olha, a MEO tem isto, mas a NOS tem aquilo... A Vodafone também tem" "aquel'outro" "... E teve muitos comentários de pessoas que esperavam ajudar... Mas se teve 30 ou 40 comentários, teve 100 ou 150 gostos... A mim faz-me confusão os gostos, sinceramente... Bom fim de semana

      :)

      Eliminar
    3. Obrigada pela sua simpatia, São, mas sei que este não é um blog excelente, é apenas um blog na onda do "what you see is what you get". Apenas isso e nada mais do que isso. Um dia destes escrevo um post com meia dúzia de blogs que considero - esses sim - excelentes. Só que um post desses dá muito trabalho a escrever. Não pode ser um post leviano, digamos assim.

      Uma pessoa que nasce para isto tem que pelo menos saber jogar a isto. Passo. Não estou interessada.

      Disso dos "gostos" no Facebook, o que me faz mais confusão é alguém, por exemplo, dar a notícia que lhe morreu um familiar e as pessoas colocarem um "gosto". Mas gostam exactamente do quê? Que tenha morrido um familiar à outra pessoa?!? Nããã, isso não é para mim...

      :)

      Eliminar
    4. Essa é uma das mais estúpidas. Mas já ouvi uma explicação desse gosto significar "Obrigado por avisar", no sentido que às vezes as pessoas morrem, a pessoa até "gostavam" de ir ao funeral ou pronto, sentem que fazem caso delas ao serem informadas e então esse gosto é uma forma de agradecer a informação... Oh pah, pronto, que seja, mas não levava muito mais tempo a escrever duas palavras... Posso não concordar muito, mas se a pessoa vê assim, até entendo... Agora... Numa pergunta??? Repito :só se a pessoa também está interessada em saber respostas, opiniões
      ..

      Pôr gostos no próprio comentário ou post é das coisas mais parvas que pode existir... É como eu digo: ima espécie de masturbação do ego...

      Maria, eu gosto deste blog. Não faço a mínima ideia do que é considerado um blog excelente e qual foi o juri que criou os parâmetros para assim ser considerado... Bom para mim é o que eu gosto de ler

      Bom fim de semana :)

      Eliminar
    5. (Se gosta de ler, a minha obrigação é agradecer. Obrigada, São)

      Tenha também um bom fim-de-semana :)

      Eliminar
  3. Ora bem ainda bem que falas disto, porque não consigo perceber algo que acontece no meu.

    Primeira: Bloggers que se seguem a eles próprios

    Nunca liguei aos número dos seguidores e nunca aderi ao Google + ou como se chama isso. Há uns tempos fiz limpeza aos ditos, e quem não em blogue...arrumei na prateleira. Qual não foi o meu espanto que no meio deles apareço como seguidora, até com uma imagem mais velha que a Sé de Braga. Cum raio...como é que fui ali parar. Tentei tudo, bloquear e apagar não posso porque finda o blogue. Retirar todos faz com que os poucos que se dão ao cuidado de lerem a minha fraca cubata (que para mim valem por mil)e que usam essa tal ferramenta os possa prejudicar. O mais estranho disto tudo é que recebo emails de mim para mim que nem sequer os leio e apago de imediato. Tentei bloquear...resposta: se o fizer...adeus ó vai-te embora.
    Falei disso aos meus técnicos e disseram-me que é erro do Blogger que duplicou e que deixe ficar que irá passar por si só. Enfim sou cá uma sortuda e pena é que os carcanhóis não dupliquem da mesma forma...ou seja...vindo do nada:))))

    Segunda: Pessoas que ao depararem-se com comentários em duplicado, em vez de apagar um deles, não, para além de não apagarem, ainda respondem aos dois, sendo os dois comentários exactamente iguais

    Para esta situação os tais técnicos puseram algo que não te sei explicar, mas quando assim é, um deles é apagado pelo que referi. Pode demorar um tempinho mas desaparece. Se vou responder e ainda não tiver desaparecido, apago e respondo apenas e tão só ao que fica:)

    Desde que me lembro que sou gente a frontalidade sempre foi, é e será parte integrante do meu "eu" e fujam da frente quando se deparem com ela em alta voltagem:)))) Calma não o faço com falta de educação ou actos físicos agressivos mas quem me conhece e sobretudo familiares(?) mais próximos...temem ó se temem. (nada de confusões com o témem brasileiro ahahahaha)

    Valeu Maria e aqui estou eu ainda a fumegar mas relaxada e vou agora com o Ambrósio até aos States. Queres vir?:))))

    Um bom domingo



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fatyly, quando acontece isso de duplicação de comentários, o que a pessoa faz (e já percebi que a Fattyly no seu blog o faz) é apagar um deles, pois se são iguais. Ora, o que acontece é que existe gente (talvez desesperada por ver 250 comentários num post) faz aquilo de dar respostas aos dois comentários exactamente iguais. É desonesto. Ponto. Não passa uma imagem lá muito "interessante" da pessoa dona do blog. Outro ponto.

      Se quiser que eu a ajude nas outras dúvidas que tem em relação ao blog, envie e-mail, que eu tentarei ajudar da forma mais simples que souber.

      States hoje não, hoje fico-me por casa, hoje apetece-me ver um filme ou dois tranquilamente. O sofá cá de casa também tem que ter uso, já que só me sento nele à noite e por muito pouco tempo :)))))))

      Eliminar
  4. Maria,
    O mundo é o que é, com defeitos mil, e as injustiças só mexem com quem ainda se preocupa em construir, em contribuir para um mundo diferente para melhor. Até aqui tudo bem. O problema surge quando nos deixamos desgastar pelas coisas mal feitas, que são elevadas ao infinito, pouco ou nada nos sobrando para aquilo que de bom ainda se vai fazendo por aí. E, embora os meios mediáticos prefiram, de longe, o cultivo da desgraça, sinónimo de audiência garantida, ainda há quem acredite em novas formas de estar, que cultive, essencialmente, a forma de ser.
    Em suma: por que raio hei-de estar a desgastar-me com coisas mal feitas que, de tão recorrentes, vão esgotar-me até à medula, e não invisto em quem produz energia positiva?
    Espero ser bem entendido, Maria.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AC, acho que vou imprimir este seu comentário, emoldurar e colocar logo à entrada de casa. É que contém o de mais essencial existe para bem saber viver. E também lhe digo que gosto muito quando o AC se põe a comentar e comenta com mais de uma linha, é que aprendemos muito com o que escreve. Sempre achei que ter professores a comentar em blogs era muito bom... É muito bom.

      Aceite também um beijinho :)

      Eliminar