quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Filho da mãe (ou lá que raio é aquilo) + Altos e Baixos (que merece uma catrefada de palmas)

Isto do zapping pode ser muito perigoso. Uma pessoa nunca sabe onde vai parar, neste caso ontem à noite fui parar ao Canal Q. E fui parar a um programa que tem como protagonista o filho de Júlia Pinheiro. Preciso, no mínimo, de 365 dias para recuperar. Não gostei. Não percebi a finalidade daquele programa. Se calhar sou lenta nisso de perceber coisas.

Em contrapartida existe um programa que foi para o ar logo de seguida, o "Altos & Baixos" com Joana Marques e Daniel Leitão, programa esse com um humor descontraído, saudável. Vejo-o sempre que me lembro, é um dos únicos programas que consegue fazer-me rir sem qualquer esforço. Gosto muito daqueles dois. Gosto da Joana, a baixinha one. Gosto do Daniel, o muito alto one. Bela aposta.

Este foi o vídeo do programa de ontem (não está completo).
Tem a ver com a blogger "Diário de um Batom". 
Está muito engraçado, não ofende a blogger, longe disso. Penso eu...

Este foi o vídeo da passada semana que"bate" mais uma vez no tal senhor de Arroja, Pedro.

13 comentários :

  1. Como praticamente não vejo TV, nunca tinha visto estes programas e achei muito engraçado.
    Aquele senhor Arroja, causa-me calafrios.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira, tanto a Joana como o Daniel do Altos & Baixos são genuinamente engraçados. Não existe por ali nada forçado. Bom, se não usassem de tele-ponto seria melhor. Embirro um pouco com esta coisa de apresentadores com teleponto, mas pronto, nalguns que ainda são muito novos, compreende-se. Por vezes lá vão improvisando, é a sorte.

      Calafrios, é dizer pouco :))

      Um abraço.

      Eliminar
  2. Não tenho esse canal, mas deixa lá que hoje e sem saber que tinha, fui parar ao TVIRealyShow, ou seja a Quinta 24h. Perdi um boa meia hora para ver bem o que por lá se passava. Não conheço nenhum concorrente excepto um tal António que ganhou um dos primeiros programas que não me recordo o nome. O único que comanda aquela tropa e ensina o pessoal como tratar dos animais e não só. De resto Maria, desde alhos e bugalhos em que em dez palavras diziam cinco asneiras e não havia o tal "pi", a betinhos onde não têm cair mortos e em cujas cabecinhas não têm onde cair mortos, valia tudo. É mesmo palha para burros e serão burros? É que o que ganham numa semana, muita gente ganha num mês. Conversas sem nexo...enfim uma porcaria autêntica.

    Estou a imaginar jovens que se agarram a ver "como se ganha tanto dinheiro sem fazerem nada e a falarem de ****. É disto que muita gente gosta, novos e velhos!

    Depois vi o meu ténis e a coisa amenizou.

    Hei-de ver os videos para ter uma ideia, porque hoje estou cansada porque andei em altas arrumações:) e amanhã é dia grande de SOS Avó, devido à greve na função pública! Podem não fazer, mas desperdiçar um fim de semana prolongado? Estou para ver!

    Um bom serão

    Um bom serão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Quinta??? A Fatyly é uma senhora com muita coragem :)) Não existem betinhos ali dentro. Betinhos são miúdas e miúdos que, por norma, são filhos de gente rica, alguns podem ser um pouco pedantes, mas não me parece que sejam mal educados. Não me parece, não tenho a certeza... Ora, ali dentro da tal quinta não existe disso, ali é só baixo nível.

      Tenha uma boa noite :)

      Eliminar
    2. Olá Maria e Fatyly :)
      Não sabia que isso ainda durava... Os reality shows da TVI não costumavam acabar na noite da passagem de ano?

      É o que dá haver muita gente que quer entrar, provavelmente vão saindo uns e entrando outros, porque diz que sempre que começa um reality show ficam sempre largos milhares à espera, a chorar por não terem sido escolhidos... Ah, e diz que basta terem entrado numa coisa dessas para (além de fazerem as tais presenças que tanto me intrigam, como a Maria sabe) terem direito a entrar num em que os concorrentes são famosos ou VIPs... Isto é só vantagens! :D

      A Maria lembra-se daqueles que se despem nas redes sociais e põem fotografias e vídeos em que se exibem? São do mesmo lote, ou se ainda não são, pretendem ser, pronto... Intelectual e socialmente são do mesmo lote!! :D

      :D

      Eliminar
    3. Continuo a dizer que este tipo de programas que incita à violência, aos conflitos, ao baixo nível, só para fazer subir as audiências, deveriam ser proibidos. Enquanto não acontecer alguma desgraça, algo muito grave, estas pessoas que acham que vale tudo não vão aprender.

      Eliminar
    4. Mas porque é que aumentam as audiências? Aumentam porque é a sociedade que temos... Uma desgraça? Tem mesmo que ser muito grande, porque na Holanda houve um que se atirou para debaixo do comboio, depois de ter sido expulso (sobreviveu... Mutilado, obviamente) e acho que a coisa continuou... E vai continuando... Pelos vistos, até a primeira mulher do David Bowie estava lá também :D... Tendo em conta que o ex-marido tinha 69 anos e o filho de ambos já tem 45,presumo que a senhora não esteja na casa dos teen... Se bem que não sei se a figura da Maria de Belém não foi pior, mas isso já é outra história (ou não?)... Tenho andado a tentar escrever sobre isso há dias, mas ainda não consegui :)

      :)

      Eliminar
  3. Olá Maria :)
    Eu vou propositadamente ao Canal Q uma vez por semana (de novo, porque às vezes volto para ver o que já vi :D ) a Maria sabe muito bem porquê :D ... Raios, já me ando a expor demasiado na NET... Esperemos que quem me conhece cara a cara ,caso venha aqui parar, não perceba :D ... Mas não raramente acabo por ficar lá mais um bocado ,precisamente porque a seguir vêm coisas engraçadas destas ,que prendem a pessoa...

    Já cheguei a apanhar o Rui Maria Pego, mas ele tem um sentido de humor muito para o negro, também não me cativa... Mas apanha-se lá coisas que vale a pena ver e que descontraem ...

    Em relação a não usarem o teleponto, a natureza do canal é mesmo aquela, o improviso ...

    Estes dois vídeos... Também não acho que seja ofensivo para a blogger... Ela deve ter levado "na boa"... Quanto ao Pedro Arroja, se viu e ficou ofendido... Eh pah, ainda bem!!! :D

    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que vi aquilo não me pareceu sentido de humor para o negro, pareceu-me sentido de humor para o parvo. Peço desculpa, mas se há coisa que não consigo ser é politicamente correcta nestas coisas. Não sou mal educada, no entanto digo o que penso, e o que penso, pelo que vi, é que aquele programa é muito mau. Não é por ser o filho de Júlia Pinheiro (porque acho titi Júlia muito boa profissional) se fosse filho do ti Manel das couves diria exactamente o mesmo...

      A Joana e o Daniel usam teleponto, dá para perceber, no entanto vão improvisando aqui e ali, parece-me... gosto muito daqueles dois.

      O video com a blogger não está completo, aquilo está muito bom. Um humor que não ofende. Cá em casa a malta chorou a rir com as tiradas, as expressões, da Joana e do Daniel :))))

      O do senhor Arroja que é Pedro, também está muito incompleto. Existem mais pérolas daquele senhor que eu desconhecia.

      Um abraço, São :)

      Eliminar
  4. Canal Q, a passadeira vermelha dos pobrezinhos.
    Canal Q, um canal de televisão essencialmente de entretenimento e de informação, ou não fosse da responsabilidade das Produções Fictícias.
    Canal Q ... um canal que o meu telecomando rejeita liminarmente.
    'Altos & Baixos' uma das causas do telecomando ser assim.

    Claro que vi, uma vez. Não gostei e não recomendo.
    Foi exactamente no dia em que malharam no Arroja. Podia ter sido uma coisa em bom, se os apresentadores soubessem conter-se, tendo como limite o famoso 'não havia necessidade'.

    Beijinho, Maria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Canal Q é um canal cabo, tal como a passadeira e-n-c-a-r-n-a-d-a, entretanto da forma como o país está, pobre e não sei quê, os pobrezinhos dividem-se entre passadeiras e não sei mais o Q(uê). Confuso? Nadica :)))))))))

      Nem pense que vem para aqui deitar abaixo os Altos & Baixos que eu não deixo. Ó p'ra mim a não deixar com a pergunta a seguir: então e o programa do filho de Júlia Pinheiro, não diz nada?! Ah pois, cá para mim tem mas é medo de titi Júlia... ahahahahahahahahahah. Biba a Joaninha, biba o Daniel dos Altos & Baixos, claro está. Eu recomendo o mais possível. Tungas.

      Agora saio muito assarapantada da minha vida... (assarapantada é giro, tenho que usar esta palavra mais vezes :)))

      (sem beijinhos porque hoje há greve e eu tenho que ser solidária)

      Eliminar
    2. Prefiro chamar ao "filho de Júlia Pinheiro" Rui Maria Pego. Porque no campo do espectáculo ou lá como se chama aquilo, Deve, a progenitora, ser deixada em paz. Já lhe bastou o problema de uma das filhas para a perturbar e muito.
      Não digo nada do programa do rapaz porque nunca o vi. E como não alinho em teorias de conspiração ... ó p'ra mim 'pôr de lado' a qualidade ou falta dela, do 'puuugrama' referido.

      Não disse mal do 'Altos & Baixos'. Apenas me referi à falta de qualidade dos apresentadores, um alto e um baixo.

      ("sem beijinhos porque hoje há greve e eu tenho que ser solidária")
      Sem saber desta sua alusão à greve, escrevi lá no meu 'bunker' um texto sobre a matéria. E quando escrevi, estava fulo, ó se estava. Ser solidário com uma greve que afecta o sector da Saúde? 'BalhameNossaSenhoraDosAssarapantados'!!!

      Eliminar
    3. Mas o programa do rapaz chama-se mesmo "Filho da Mãe", logo, faz todo o sentido escrever filho de Júlia Pinheiro. Foi por aí, acho que o caro Observador não percebeu o sentido da coisa :))

      Sim, sim, conte-me histórias. Já estou a dormir e tudo e tudo... zzzzzzzzzzzz (não sei se é este o som de alguém que está a dormir, se não for é o som de uma abelha ou de uma mosca, em último caso é o som de um crócóóódilo a dormir).

      Fuiiiiiiiiiiiiiiiiii...

      PS: O caro Observador sabe, com certeza que sabe, que existem por aí muitas mães com problemas tão ou mais graves do que aquele que refere em relação a JP, e que não terão com toda a certeza os mesmos meios para tratar os filhos. Ah, pois é!... Sofro desta coisa chata de tentar ser o mais imparcial possível. Tenho esperança que passe com a idade. Se for possível lá para os 199 anos... E digo-lhe mais, no dia em que alguém tentar facilitar-me a vida só porque fiquei sem um pé, é no dia em que ponho essa pessoa de lado. Não gosto que me facilitem a vida, gosto que sejam justos comigo. Se me doer, aguento-me.

      Eliminar