quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Este blog e a sua autora, deseja a todas as pessoas de bem, um excelente ano de 2016

...«Amigos eu ganhei 
Saudades eu senti, partindo
E ás vezes eu deixei 
Você me ver chorar, sorrindo»...


Um pequeno aparte:

Para este novo ano espero apenas que as pessoas se indignem com as coisas certas. Se revoltem com as coisas certas. Um médico que ganhe supostamente 50 mil euros não deveria ser motivo de revolta para ninguém. Precisamos de médicos. São eles que nos salvam a vida (em todas as profissões existem bons e maus profissionais). Existiram uns a quem devo a minha... Revolta é ver gente sentada em determinados programas lá na terra de S. Televisão, gente que não interessa a ninguém, gente que só incendeia, a ganhar mais do que muitos médicos. A ganhar à conta de pessoas que por serem humildes engolem tudo. Isso é que nos deveria indignar. Revoltar. Já agora se não for pedir muito, os professores, os bons professores também deveriam ganhar muito bem. E façam o favor de não cortar mais nas reformas daqueles que trabalharam uma vida toda para agora conseguir descansar um pouco, em paz. Está na altura de os deixar, realmente, em paz. 

(peço desculpa por ter interrompido a belíssima voz de Maria Bethânia)