sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Não são horas perdidas...

... e ainda bem que fui ler a Luna. Sabe muito bem saber que a blogosfera também se faz com pessoas inteiras. Com pessoas que pensam pela sua cabeça e não entram em carneiradas. Lá está, de um lado existe, de forma insistente, um grupo de mulheres raivosas, prontas a destruir tudo o que mexe, do outro, bem, do outro, felizmente, existem mulheres inteligentes. Eu voto no grupo das mulheres inteligentes, a blogosfera bem precisa delas para tornar este ar mais respirável.

"olho por olho, e o mundo acabará cego"

resumindo:
alguém escreveu algo
muitos não ridículos acharam aquilo ridículo 
resolveram gozar, humilhar, perseguir, massacrar o ridículo
o alguém sentindo-se humilhado resolve ripostar
Os não ridículos que jamais serão ridículos e vivem de certezas absolutas...
... voltam a atacar e respiram de alívio sentindo-se os maiores... em coisa nenhuma.
E é isto. E foi isto. 
Quem ganhou afinal?
A estupidez, certamente.
Para que  lado pende mais essa estupidez?
Para o lado dos jamais.

(o mundo só pode estar muito doente quando se perde tempo a atacar alguém por causa de uma carta e de um gato, na falta de indignações de crianças mortas na areia... ficamos indignados com cartas de gatos... um espectáculo! como diz o outro senhor).

14 comentários :

  1. Maria, quando se lê algo assim especial o tempo nunca é perdido. É sempre um ganho, um pedaço de mundo que ganhamos (mundo bom, portanto!)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um grupo de mulheres muito sensatas, inteligentes, que, ao invés de perseguir, humilhar outros, debate os assuntos, tenta compreender a razão que leva alguém a agir de determinada forma. Gosto bastante de gente assim. O mundo precisa de gente assim. A blogosfera em particular.

      Beijinho, Carpe.

      Eliminar
  2. O grave, Maria, é que o mundo está mesmo muito doente, não duvide.
    Valores como solidariedade, respeito, ajudar a levantar aquele que, seja qual for o motivo, está de rastos, tudo isso pertence ao passado.
    Há excepções? Há, mas são tão poucas que confrange.
    Acredita que tenho dó, um dó imenso desta gente que de gente nada tem? Serão felizes? Terão, sequer, a noção daquilo que valem, um nada do mais triste que há? Tenho para mim que nem disso se apercebem.
    Já passei pelo espaço da Luna. Finalmente alguém que também faz a diferença, alguém que é Gente, Gente de alma, sensibilidade, bom senso, coração e, em simultâneo, pés bem assentes na terra.
    Obrigada pela dica.:)
    Mulheres inteligentes? Maria, contam-se pelos dedos, e olhe que ainda sobram alguns.
    Pseudo há muitas, mas verdadeiramente inteligentes? Faça um exercício simples: olhe à sua volta, quantas encontrou?

    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste blog da Luna existem mais mulheres inteligentes, sensatas, que por lá comentam. A Isa, a Izzie, a Cuca, bloggers que fazem a diferença nisto da blogosfera. Felizmente um grupo de mulheres que fazem frente às outras (as outras que só fazem ruído, só atacam qual cão raivoso), sem medos. Gosto disso.

      Bom fim-de-semana para si também, GL :)

      Eliminar
  3. Gostei e nunca por nunca entrei numa perseguição doentia a quem na hora está mais fragilizada, quer aqui, quer fora daqui. Acho que os heróis e resmas de heroínas são feitos de "pau oco" e quando defendia quem era tão martirizado, fazia-o e faço sem ataques mas com gestos e alguns muito antes de eles ou elas terminarem o gozo. Pior do que tudo isso é que anos depois quem agrediu, gozou...viu-se enfiado nessa teia tão feia e má e passou a ser o bobo da corte. Pelo menos uma...defendi-a porque...conforme diz Luna..."Olhos por olho, e o mundo acabará cego"!

    Digo-te Maria com toda a minha habitual sinceridade...por estas e por outras, cada vez gosto mais dos homens, também há alguns com atitudes dessas, mas a esmagora maioria não!

    Espero que me tenha feito entender e vou almoçar e depois curtir o sol a pé, de calças de ganga e ténis e uma garrafa de água pelas estradinhas de Sintra. Se me perder...paciência:):):)

    Um abraço sincero

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pau oco associado a santas que são mulheres é uma expressão utilizada pelas raivosas para atacar as outras, como me atacaram a mim, por exemplo. O que só dá para rir, porque se existe algo que não sou é sonsa. Seria uma tremenda contradição uma pessoa frontal acumular com o ser sonsa. Só rindo mesmo. Então eu que ao longo da minha vida tenho perdido bastante, em variadas áreas, exactamente porque não consigo disfarçar o que sinto em relação a algumas pessoas, situações. Nem disfarçar, nem calar. Lá está, não se conhece quem está do lado de cá e abre-se a boca numa de eu sou intelectualmente superior, conheço-te muito bem, és... sonsa. Imbecis, é o que é :)))

      Não foi a Luna a autora do ditado "olho por olho, e o mundo acabará cego", que escrevi ali em cima, foi Gandhi. Achei que estava adequado a toda esta estupidez que aconteceu nos últimos dias aqui na blogolândia. Na blogolândia e em alguns programas de tv onde abundam famosos muitA inteligentes. Jornalistas também, muitA inteligentes. Tomara que fossem ser famosos lá para o raio... perdão... lá para onde judas perdeu as botas.

      Também existem homens que não são aconselháveis. Alguns pertencem a este grupo de mulheres que atacam outras na blogosfera, batem palmas inclusive. Se lhe dissesse quem são eles caía para o lado de certezinha. Pelo menos um deles, ó ó ;)

      Tenha um óptimo sábado, Fatyly.

      Eliminar
  4. Não pude deixar de ler o comentário da Fatyly. Faço minhas as suas palavras, aquelas em que afirma gostar mais dos homens, e lá está: o homem, regra geral, quase nunca utiliza esses métodos.
    Penso já ter afirmado isto aqui, se me estiver a repetir, desculpe, mas enquanto trabalhei preferia, mil vezes trabalhar com homens.Felizmente para eles, estão a anos luz desta mesquinhez.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. GL, permita-me que discorde um pouco. Aqui, na blogosfera, existem homens que escrevem e são muito parecidos com aquele grupo de mulheres que ataca outras. São raivosos também. Aliás, alguns comentam nos blogs das ditas, Poucos assumem o perfil, mas existem uns dois ou três que dá para perceber quem são. Uma pessoa quando está atenta e lê poucos blogs acaba por pescar umas coisas ;)

      Eliminar
  5. Sinto falta de algumas, as verdadeiras estrelas, da blogosfera. Trocávamos comentários, raramente haviam haters e quem vinha de novo, era bem vindo. Depois íamos descobrindo mais blogs através dos novos. Felizmente o meu , sempre foi um diário íntimo onde poucos comentam por não perceberem se aquilo é ficção ou realidade, embora muitos saibam que é real, mas é muito triste esta nova onda de gente mãe de filhos idiota , mal criada e mal formada que se vê por aí. Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vou por aí, e vou ter que pedir desculpa mas discordo completamente da parte "as verdadeiras estrelas da blogosfera", isso não existe, quando se coloca as pessoas que escrevem em blogs nesse patamar, está de imediato a inferiorizar-se. Convém não o fazer, quer nos blogs, quer na vida real. Existe, isso sim, gente que escreve melhor do que outra, sem dúvida alguma, mas acho que os blogs são, sobretudo, escritos por pessoas que de uma forma ou de outra terão o seu valor. Excepto, obviamente, aquele grupo de pessoas raivosas que abomino no verdadeiro sentido da palavra.

      Quanto à outras, todas as outras, que façam dos seus espaços aquilo que bem entenderem e, fundamental, que não se deixam intimidar por gente que não presta. Não é ignorar, não é um "não ligues", não é tão pouco descer ao nível de tais criaturas, é, sobretudo, fazer-lhes frente. Gente desta precisa de gente que lhes faça frente, quem não o faz está simplesmente a contribuir para que engordem o lado já de si inchado que dói. O lado sobranceiro. E é isto.

      Eliminar
    2. Maria,
      É um facto que é bom constatarmos que também há "pessoas inteiras" na blogosfera. Mas, perdoe-me, é tempo de enterrar as tais pessoas canalizadoras de energias negativas. É que, com tantas referências, dá a sensação que algo ficou por resolver. Eu sei que estou a pisar delicados terrenos, mas mesmo assim arrisco. Será que me faço entender?

      Toda a estima, Maria :)

      Eliminar
    3. Óóóó se pudesse bem que as "enterrava". Só que não tenho tal poder. Se quiser posso explicar por email. Aqui no blog não. Acho que vai entender. Resta-me fazer referência ao outro lado arrastando até aqui o inverso das energias negativas, as positivas. O grupo que merece a pena ser falado.

      O AC foi ler a Luna? Se conseguir dê lá um salto e leia o post ali do link. Acho que vai perceber a que me refiro. E porquê que voltei a este assunto. Vale a pena ler.

      Não está a pisar terrenos delicados, não se preocupe com isso. Isto é só um blog, não é uma profissão nem nada. Se fosse um blog profissional, daqueles em que se ganha dinheiro, é que teria motivos para me preocupar e daí talvez não :)))

      Eliminar
  6. Olá, Maria :)

    Vou mandar-lhe um email, talvez ainda hoje ou, no mais tardar, amanhã..... Não sei se ainda vai aquele email...Mas era muito importante para mim se fosse! Por favor :)

    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São,

      Vou com certeza ao email, não todos os dias, mas de vez em quando vou até lá. É o email do blog, apenas do blog, enquanto o blog existir o email também existirá :)

      Eliminar