quinta-feira, 16 de maio de 2013

Dzhokhar Tsarnaev quem é? De repente passou a ser lindo e as adolescentes querem fazer tatuagens com a foto da 'carinha laroca'. Raios!!!

Bem, o assunto é sério, mas não me apetece ir por aí, visto que ainda não existem provas que condenem Tsarnaev pelo ataque na Maratona de Boston. Mas quero acreditar que as autoridades sabem o que fazem. Quero...

O que acho estranho é, tal como não existem provas que o condenem, pode acontecer que passe de suspeito a criminoso e, aí, o que é que estas adolescentes vão fazer às belas tatuagens com o rosto que dizem ser lindo (???). E mensagens de amor, a propósito de quê? E apaixonadas... ahn... hum... o quê? Raio de idade em que somos dadas à parvoeira elevada ao cubo. 

Eis a notícia:

A notícia mais antiga AQUI (03.Maio.2013).

7 comentários:

  1. Quando um terrorista se torna famoso e, de repente, surge nas redes sociais (redes quê?) tratado como herói, algo está mal.
    A menos que as coisas que se dizem por aí - e o jornal 'i' é exímio em dizer coisas por aí - não tenham razão de ser.

    As jovens não andam apaixonadas. Digo eu que também sou especializado, doutorado mesmo, em dizer coisas.
    As jovens, quais teenagers mais que inconscientes, adquirem cada vez mais uma postura ridícula, directamente proporcional às idades que por vezes dizem ter mas é mentira.

    Há algo mais que me deixa de pé atrás. Direi mesmo com os dois pés atrás.
    Como é que as autoridades norte americanas permitem que o nome, apenas o nome, deste 'mamífero' ande por aí a ser usado como se de um benfeitor se tratasse?

    Aqui há gato. Mas daqueles escondidos com o rabo de fora. Rabo, cauda, certo? Que eu saiba, é assim que se diz. Cauda e em frente que atrás vem gente.

    Dzhokhar Anzorovich "Jahar" Tsarnaev - agradeço a quem sabe tudo - é suspeito. Ele mesmo escreveu que os seus ataques eram vingança contra os Estados Unidos pelas suas operações no Afeganistão e no Iraque.

    Este gajo é um terrorista e não merece que se perca (mais) tempo com ele.
    Sugiro às milhares de adolescentes dos 'states' que tomem juizo.
    Fico pior que urso, vulgo 'piurso' quando sei que as meninas disseram que era muito bonito para ser um terrorista.

    P****! Desde quando os terroristas são catalogados pela beleza que têm ou não?

    Além disso, meninas, poderiam dizer aqui ao rapaz, o que entendem por um jovem bonito.
    É que o Dzhokhar tem mais ar de borboleta assustada do que de outra coisa.

    Quer dizer, Maria. Vim do andar de baixo, a correr, estou que nem posso, para dar de caras com a loucura/palermice das adolescentes que gostam muito de um terrorista no país do Tio Sam?

    Não me diga que isto é já um 'teaser' para o da Porcalhota!?!?

    Beijo, Maria.
    Vou assim a modos que atropelado por um TIR :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terrorista famoso é algo que só de escrever assusta qualquer um. Pelo menos a mim, que sou 'uma' assusta-me. Ou aflige-me. talvez seja a palavra mais adequada.

      Senhor Observador, eu própria já fui dada à parvoeira na idade de teenager inconsciente - ainda sou um pouco dada à parvoeira, já não sou adolescente, 'graçasadeus' ou a outra entidade qualquer - e não condeno, quem sou eu, as parvoíces associadas a esta idade. São saudáveis, diria mesmo. Quem não as comete na adolescência, acabará por as cometer numa idade que dizem ser adulta e, aí a coisa roça o ridículo. Agora, o que não entendo, é a não capacidade de discernimento por parte destas adolescentes.

      Uma coisa são gritinhos histéricos e perfeitamente naturais pelo 'Justin que bebe', outra, completamente diferente, é fazer tatuagens no corpo com a cara de um terrorista. Terrorista caso passe de suspeito a criminoso. Ainda não existem provas para uma acusação deste tipo. Acho...

      Um teaser nada tem a ver com isto. Num 'teaser' a informação é mínima ou praticamente inexistente. Alimenta-se de pistas. Aqui o 'tema' existe em todo o seu esplendor. Quer se goste, quer não.

      Se consegue 'ir' não foi atropelado por um TIR... ahahah.
      Beijo e uma boa noite.

      Eliminar
    2. "Se consegue 'ir' não foi atropelado por um TIR..."
      Bem observado, Maria. Não é para todos.
      Expus-me. Eis o resultado. Bastava ter colocado um simples 'como' - 'a modos que como...' - e pronto, a coisa estaria bem melhor.
      10 pontos para a Maria. Não posso dar mais.

      Ser terrorista é usar de violência, física ou psicológica. Foi o que Tsarnaev fez.
      Está, apenas, indiciado como suspeito. Dentro de instantes assume o estatuto de terrorista. Porque usou violência física e psicológica.
      Estarei a ver mal a coisa?

      As parvoeiras, mesmo que na idade de teenager, têm limite.
      A atitude destas imberbes teenagers ultrapassa o limite.

      O tal Justin não sei quê não saiu grande coisa. O rapaz bebe em excesso, faz disparates impensáveis e tem um problema nas narinas. Quando cheira, principalmente coisas esquisitas, passa-se.

      Se um 'teaser' é informação mínima ou praticamente inexistente - quero ver quando sair o 'teaser' sobre o BBVIP - direi que este será um 'mini teaser'.

      Um 'teaser' que se alimenta de pistas, não terá, na sua constituição celular muitas calorias, energias, vitaminas.
      Pobre 'teaser?

      Lá vou eu subir ... mais um andar.

      Beijo

      Eliminar
    3. A palavra 'imberbe' reporta-me a uma fase muito engraçada da minha vida. Trabalhava na altura numa empresa - não interessa qual - e existia um miúdo de 19 anos que era o paquete. Puto engraçado, com a 'escola' toda. Costumava chamar-lhe puto imberbe. Ao que ele me respondia: desculpo a ofensa porque a 'chefe' é gira. Espertalhão, dizia aquela coisa de 'gira', só para ver se a coisa ficava mais, digamos, amolecida, quando lhe dava nas orelhas.

      Existem por aí pistas muito calóricas. Não consumir, portanto ;)

      Eliminar
  2. Há montanhas de provas da autoria dos atentados, para além da confissão do terrorista sobrevivente, quer à Polícia, quer em tudo o que deixou escrito, ele e o irmão. Mas esta gente idolatra terroristas, que havemos de fazer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assustadora é esta tendência das adolescentes em transformar terroristas/criminosos numa espécie de heróis. Enfim.

      Eliminar